Sindicato do Comércio Atacadista de Papel, Papelão, Artigos
de Escritório e de Papelaria do Estado de São Paulo
São Pedro - SP
Águas de Lindóia - SP
São Paulo - SP
Itu - SP
São Paulo - SP

Notícias do Setor

09/10/2015  Medidas para atenuar o impacto da recessão no desemprego - Edição 07/2015




Medidas para atenuar o impacto da recessão no desemprego: Um problema de todos nós 


Assim como toda a sociedade, também o setor do comércio está muito preocupado com o impacto da recessão brasileira nas relações de trabalho. É fato que o desempenho da economia está fortemente atrelado ao consumo e, se não há emprego, se forma um ciclo vicioso complexo de administrar, com mais e mais recessão. 

Além do aspecto econômico, estão atreladas à manutenção dos empregos a qualidade de vida e a dignidade dos cidadãos, o que compreende diversos outros fatores inibidores de desenvolvimento. 

Governo e setor privado, atentos a esta questão, estudam mecanismos para atenuar a situação. É relevante, neste contexto, a Medida Provisória – MP nº 680/2015, em andamento no Congresso Nacional. Esta MP institui o Programa de Proteção ao Emprego – PPE e, se aprovada, permitirá à empresa em dificuldade financeira reduzir a remuneração e a jornada de trabalho de seus empregados em até 30%. As regras contidas no texto inicial da referida MP atendem os interesses dos trabalhadores, das empresas e do governo. 

Contudo, a gravidade do quadro econômico exige outras iniciativas que permitam que o País possa vislumbrar um cenário mais promissor. Iniciativa importante foi contemplada no relatório aprovado na Comissão Mista da MP nº 680/2015, no qual consta uma modificação que ajudará no enfrentamento da crise e na diminuição dos conflitos trabalhistas. Trata-se da alteração do art. 611 da Consolidação das Leis do Trabalho – a qual prevê que negociação em acordo coletivo de trabalho prevaleça sobre determinação legal, desde que não contrarie a Constituição Federal, as convenções da Organização Internacional do Trabalho – OIT e as normas de higiene, saúde e segurança do trabalho.

A visão da FECOMERCIO, compartilhada pelo SINAPEL, é de a rigidez na aplicação das regras de contratação do trabalho é incompatível com as mudanças da economia moderna, constituindo-se um dos maiores entraves para se fazer os ajustes que são exigidos para criar empresas, manter competitividade, gerar empregos e superar crises. 

A possibilidade de negociar direitos de natureza econômica simplifica e estimula o processo de contratação. A prevalência do negociado sobre o legislado é de grande importância, pois em momentos críticos como o atual é possível evitar demissões por meio da negociação de alguns direitos. Há também o inverso. No aquecimento econômico, os trabalhadores negociam acima dos mínimos legais. 

No entanto, a montagem de um sistema em que o negociado prevaleça sobre o legislado requer cuidados. Em primeiro lugar, há que se evitar a negociação individual. Esta precisa ser coletiva e com a participação dos sindicatos. Medidas complementares devem estimular o fortalecimento das entidades representativas e desestimular as demais. Com essa ampliação do poder de negociar, surgiria um novo mundo sindical. 

O Relatório aprovado na Comissão Mista da MP nº 680/2015 apresenta as condições ideais para que o Brasil possa iniciar uma caminhada rumo à modernização das relações do trabalho, com segurança para os empregados e para as empresas. 

Com estes esclarecimentos, acreditamos que seja indispensável todos os Distribuidores de Papel e demais empresas ligadas à comercialização de papel e papelão manifestar integral apoio à referida MP, por se tratar de medida que pode, no momento, atenuar o imenso impacto da crise econômica nas relações do trabalho, garantindo a manutenção de inúmeros empregos e, futuramente, colocar o Brasil numa rota de crescimento, dinamismo e maior geração de emprego. Contamos com a cooperação de todos.




ENFOQUE SINAPEL é uma publicação do SINAPEL – Sindicato Nacional do Comércio Atacadista de Papel e Papelão Edição: G Martin Com. Integrada – Jorn. Resp.: Gracia Martin – MTB/SP 14.051 Praça Sílvio Romero, 132 – 7º andar – São Paulo – SP Tel.: (11) 2941-7431 – e-mail: sinapel@sinapel.com.br – Site: www.sinapel.com.br

 

Visite nossa página no Facebook     Visite nossa página no Twitter     Visite nossa página no YouTube
Sindicato do Comércio Atacadista de Papel, Papelão, Artigos de Escritório e de Papelaria do Estado de São Paulo - SINAPEL
Praça Silvio Romero, 132 Conjunto 72, Tatuapé - São Paulo - SP - 03323-000
www.sinapel.com.br - sinapel@sinapel.com.br
Telefone: +55 11 2941-7431