Sindicato do Comércio Atacadista de Papel, Papelão, Artigos
de Escritório e de Papelaria do Estado de São Paulo
São Paulo - SP
São Paulo - SP
São Pedro - SP
São Carlos - SP
São Paulo - SP

Notícias do Setor

17/06/2016  Mário Amato faz parte da nossa história - Edição 15/2016


MÁRIO AMATO FAZ PARTE DA NOSSA HISTÓRIA 

A cada segundo que vivemos, construímos uma partezinha de uma história que não é só nossa, porque sempre envolve outras pessoas. Há aqueles que registram no seu livro de vida acontecimentos que dizem respeito a toda sociedade, para o bem e para o mal. Felizmente, hoje homenageamos aqui, alguém que registrou em suas páginas passagens memoráveis, o líder empresarial MÁRIO AMATO

Ele faleceu recentemente, no dia 26 de maio passado, aos 97 anos de idade. 

Quase um século. Concluiu seu ciclo de vida profissional como acionista majoritário da holding Springer, mas voltando os olhos para o passado, vemos que a trajetória de MÁRIO AMATO começou quando ele tinha pouca idade, em uma empresa do setor papeleiro, a Cia. Oscar Rudge de Papéis. Situada no Largo São Francisco nº 12, esta atacadista de papel foi associada número 1 do SINAPEL, com filiação em 10/08/1945. Figuram como representantes legais, na ficha de filiação, Sr. Oscar Rudge, Sr. Jorge de Oliveira Gomes, Sr. Luciano Rudge e Sr. Edgar Caldas Barbosa. 

MÁRIO AMATO permaneceu na empresa até 1948, quando decidiu se tornar sócio do futuro sogro, que era proprietário da Amorim e Coelho Cortiças. Naquele tempo, as indústrias de papel estabeleciam quotas de produtos destinados a determinados atacadistas que tinham como atividade a revenda. Atuando na administração da empresa de cortiças e como detentor de uma quota, MÁRIO AMATO montou uma seção de papéis em parte do mesmo espaço, sendo, portanto, um dos pioneiros na revenda de papéis. 

O executivo se notabilizou pela capacidade de liderança. Exerceu a presidência da FIESP/CIESP - Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo, entre 1986 e 1992. 

Sua forte oposição a Luiz Inácio Lula da Silva teve grande repercussão. Em 1989, na qualidade de presidente da FIESP, afirmou que se Lula fosse eleito, “800 mil empresários deixariam o País” e esta declaração foi bombástica, tendo ampla repercussão e efeitos na opinião pública. 

Mais tarde, em 1994, nova polêmica quando disse que o petista caminhava para a direita. Coincidentemente, os dois tinham a mesma data de aniversário. “A única coisa que nos une é o dia do aniversário: 27 de outubro”, costumava afirmar. 

Além da FIESP, MÁRIO AMATO também presidiu a Confederação Nacional das Indústrias, foi conselheiro da Fundação Padre Anchieta e do Teatro Municipal de São Paulo. Desportista desde a juventude, passou pelo conselho de vários clubes de futebol. Foi diretor da Federação Paulista de Futebol, presidente da Federação de Automobilismo de São Paulo e presidente do Clube Atlético Paulistano. 

Em tempo, deixamos aqui nossa homenagem ao Sr. MÁRIO AMATO, protagonista de uma história com episódios que valem a pena recordar. Não temos aqui espaço para detalhar estes capítulos, mas quem tiver interesse, pode pesquisar e saber mais sobre mo líder exemplar. 

De nossa parte, honrados por ele ter feito parte do setor papeleiro, fica o reconhecimento. Descanse em paz, Sr. MÁRIO AMATO


ENFOQUE SINAPEL é uma publicação do SINAPEL – Sindicato do Comércio Atacadista de Papel, Papelão, Artigos de Escritório e de Papelaria do Estado de São Paulo Praça Sílvio Romero, 132 – 7º andar – São Paulo – SP Tel.: (11) 2941-7431 – e-mail: sinapel@sinapel.com.br – Site: www.sinapel.com.br: 

Edição: G Martin Comunicação & Marketing – Jorn. Resp.: Gracia Martin – MTB/SP 14.051


 

Visite nossa página no Facebook     Visite nossa página no Twitter     Visite nossa página no YouTube
Sindicato do Comércio Atacadista de Papel, Papelão, Artigos de Escritório e de Papelaria do Estado de São Paulo - SINAPEL
Praça Silvio Romero, 132 Conjunto 72, Tatuapé - São Paulo - SP - 03323-000
www.sinapel.com.br - sinapel@sinapel.com.br
Telefone: +55 11 2941-7431