Sindicato do Comércio Atacadista de Papel, Papelão, Artigos
de Escritório e de Papelaria do Estado de São Paulo
São Paulo - SP
São Paulo - SP
São Paulo - SP
São Paulo - SP
São Paulo - SP

ARTIGOS

06/03/2015  CENÁRIO ATUAL NÃO FAVORECE MAS PEDE PLANEJAMENTO

Os resultados pífios da economia brasileira do ano passado obrigaram a presidenta Dilma a trocar o ministro da Fazenda. Saiu Mantega e entrou Levy, medida aplaudida, principalmente, pelo mercado financeiro.

O novo ministro, sem titubear, iniciou o preparo do omelete. Quebrou, logo de cara, o ovo dos impostos, do câmbio, dos juros, da inflação, do seguro desemprego, do PIB. Sem se importar com a torcida, focou nos objetivos econômicos clássicos e sabe que, apesar do momento atual de incertezas e sacrifícios, após algum tempo, o omelete ficará pronto e delicioso, o que trará novos e bons ares para a economia. A credibilidade gerará novos investimentos o que trará crescimento para o País.

Para que tudo dê certo é fundamental o apoio incondicional da presidenta e do Congresso ao novo ministro. Não será fácil, pois todas essas medidas trarão recessão, falta de crédito, desemprego como nunca vistos na história recente do Brasil e, com certeza, a pressão virá de todos os setores.

O que vai acontecer com as empreiteiras ligadas ao escândalo da Petrobrás poderá adiar a nova fase de crescimento do Brasil. Afinal, se forem declaradas inidôneas, não poderão mais participar das licitações o que acarretará a quebra delas e de seus fornecedores, provocando prejuízos inestimáveis ao sistema financeiro. Um verdadeiro caos que deverá acontecer caso não se encontre medida alternativa.

Se os preços das commodities continuarem despencando é impossível prever o que acontecerá. Quebradeira generalizada ou ajuste aos novos tempos?

Nada bom é o cenário que vislumbramos, porém, não podemos parar. Às vezes somos tomados por uma sensação de incompetência diante de tantas incertezas, mas o planejamento de curto prazo e muita cautela são imprescindíveis no atual momento. Temos que estar atentos aos acontecimentos e não ter medo de colocar em prática o plano “B”.

Apesar da situação sombria, quem sabe todos esses fatos não vieram para modificar a humanidade. Quem sabe se, doravante, a ética vai tomar o lugar das mazelas que ocorrem atualmente no mundo todo?

Que assim seja!

Por Vicente Amato Sobrinho - Março 2015

 

Visite nossa página no Facebook     Visite nossa página no Twitter     Visite nossa página no YouTube
Sindicato do Comércio Atacadista de Papel, Papelão, Artigos de Escritório e de Papelaria do Estado de São Paulo - SINAPEL
Praça Silvio Romero, 132 Conjunto 72, Tatuapé - São Paulo - SP - 03323-000
www.sinapel.com.br - sinapel@sinapel.com.br
Telefone: +55 11 2941-7431